Queda nas vendas: Marvel culpa a Diversidade


David Gabriel, vice-presidente de vendas e marketing da editora Marvel, culpou a diversidade pela queda nas vendas de histórias em quadrinhos.

Perguntado pelo site “ICv2” sobre o desempenho abaixo do esperado em 2016, Gabriel colocou a conta na diversidade dos novos personagens.
 “O que ouvimos é que as pessoas não querem mais diversidade. Não querem personagens femininos. É o que ouvimos, acreditemos ou não. Não sabia que era verdade, mas é o que vimos nas vendas”, disse.


 Gabriel continuou afirmando que personagens como a versão negra e feminina do Homem de Ferro e a Ms. Marvel muçulmana não foram abraçados pelos leitores.

Vimos as vendas de qualquer personagem diversificado, novo, feminino e que não fazia parte do núcleo principal da Marvel, e as pessoas estavam torcendo o nariz para eles. Isso foi difícil para nós porque tínhamos muitas ideias novas, frescas e animadoras para emplacar e nada funcionou direito”.

Ao próprio ICv2, Gabriel tentou remendar as declarações posteriormente, sobretudo quanto aos personagens não estarem funcionando.

Estamos orgulhos e animados de introduzir personagens únicos que refletem novas vozes e experiências no universo Marvel”, consertou.

Mas o dano já estava feito.

Tanto que as declarações inspiraram um texto opinativo do ICv2 intitulado O problema da Marvel não é a diversidade – é muito maior e não só da Marvel.

Um dos autores das novas histórias também se manifestou em um desabafo na internet. G. Willow Wilson, de Ms. Marvel, comentou o caso.

Vamos riscar a palavra diversidade e substituí-la por autenticidade e realismo. Não é um mundo novo. Isso é o mundo“, escreveu.






Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »