Dez curiosidades sobre os games da franquia Dragon Ball

Dragon Ball, popular série criada por Akira Toriyama, fez sucesso em todo o mundo como anime e mangá.

Além disso, a franquia também conquistou espaço no mundo dos games.

Nos consoles, a saga existe há quase 30 anos: o primeiro título, Dragon Ball: Shenlong no Mazho, foi lançado em 1986 para NES.

 De lá para cá, cenas de sangue foram censuradas em uma versão europeia de um jogo, nome de um personagem foi criado a partir de um erro de tradução, além de muitas outras curiosidades e "esquisitices" .

Confira agora as dez principais.
Confira 10 curiosidades sobre os games da franquia Dragon Ball (Foto: Reprodução)
"Sangue" censurado
Os títulos da saga costumam apresentar batalhas violentas. Na versão europeia de Dragon Ball Z: Budokai, as cenas com sangue foram censuradas.

Durante toda a campanha, os ferimentos e manchas são trocados por marcas da cor marrom - uma tentativa de simular sujeira nos trajes dos personagens.


Congelando o tempo com os androides 
Em Budokai 2, jogando com os androides 17, 18 e Cell, é possível se aproveitar de um pequeno bug, que garante muita vantagem aos lutadores.
Enquanto o campo de energia é usado, basta pressionar o botão de provocação.
Isso congelará toda a tela, com exceção dos personagens, que poderão desferir um golpe no oponente sem qualquer defesa.
Um glitch permite que os androides congelem o tempo (Foto: Reprodução)Um glitch permite que os androides congelem o tempo 
Itens de Dr. Slump
Akira Toriyama, criador da saga, também é pai da série Dr. Slump, famosa entre os fãs de desenhos orientais. Em Dragon Ball Xenoverse, é possível encontrar dois itens inspirados na série, incluindo um boné e o curioso poop stick.
Boné de Arale é um dos itens do game (Foto: Reprodução)Boné de Arale é um dos itens do game 
Problemas de tradução
Conhecido como Hercule no oriente, o cômico personagem Mr. Satan foi um erro de tradução presente em algumas versões.
Não é raro ver o personagem aparecendo como “Hercule” em versões americanas e europeias, causando confusão entre os jogadores.
Dragon Ball (Foto: Reprodução/Youtube)

Dragon Ball GT e filmes
Dragon Ball Z: Budokai 3 foi o primeiro game da franquia a trazer personagens de filmes, além de adicionar as versões dos personagens da era GT de Dragon Ball.
Entre os principais estão as versões Saiyajin 4 de Goku e Vegeta, Brolly, Gogeta etc.

É possível jogar com os poderosos personagens de GT (Foto: Reprodução)

Visual dos Yardrat
Os curiosos personagens da raça Yardrat aparecem com um visual completamente diferente em Dragon Ball Online.
A diferença ocorreu porque Toriyama trabalhou diretamente no título e terminou inspirado nas ideias do mangá.
Dragon Ball (Foto: Reprodução/Youtube)


Referência aos Caça-Fantasmas
Em Xenoverse, ao usar o golpe Super Ghost Kamikaze Attack, o personagem dirá ”I ain’t afraid of no ghost” (algo como eu não tenho medo de fantasma algum), em uma clara referência ao filme.
Xenoverse conta com uma homenagem aos Caça-Fantasmas (Foto: Reprodução)

Missão inspirada em outro game
Em Dragon Ball Xenoverse, a missão paralela Super Saiyan Legend é uma espécie de homenagem ao game para Super Nintendo com o mesmo nome.
Nela, os fatos da trama do clássico são recriados, com direito a uma luta contra chefe.

Dragon Ball (Foto: Reprodução/Youtube)

Bulma jogável?
A carismática Bulma da série conta com um modelo 3D completo em Budokai 3.
 Ela, porém, não é um personagem jogável e sequer pode ser vista em ação sem o uso de hacks.
Detalhado modelo 3D da personagem está em um dos games (Foto: Reprodução)Detalhado modelo 3D da personagem está em um dos games

Arale como lutadora
Em Budokai 3, os jogadores terão o gostinho de controlar a personagem de Dr. Slump como uma das lutadoras.
Trata-se da protagonista da outra série criada por Toriyama.
Dragon Ball (Foto: Reprodução/Youtube)

FONTE: Tech Tudo
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »